Compras com o Marido: O Que Não Fazer ou Dizer!

Essa semana fui fazer compras com meu marido e sempre é um dilema. Eu sou muito lenta e ele super objetivo. Daí, na maioria das vezes, acabamos discutindo porque ele já terminou de pegar o que queria e eu ainda estou lá, analisando, decidindo qual é o melhor produto para comprar, etc...

Ai pensei: Nossa! Será que só eu passo por isso? Acredito que não!

Vocês concordam que existem três tipos de maridos ou sugerem alguma outra categoria?

Não sou uma 'expert' em compras e nem tenho um manual de maridos, mas acredito que viver em família é um aprendizado e é preciso conhecer o seu marido para que as tarefas sejam divididas e as brigas possam ser resolvidas. Já se deparou com a seguinte situação: 

Seu marido já viu tudo o que queria e você fala que a única coisa que falta é pegar uma sacola com cenouras. Mas, você demora 1 hora para fazer isso, porque no meio do processo encontra outros atrativos (revistas, roupas, mais frutas e verduras). E ai, a coisa fica feia! Seu boy começa a ficar nervoso e o que era para ser apenas uma compra, se transforma num campo de batalhas (imagina você no mercado jogando o celular na cabeça dele, além de verduras, frutas, presunto na cara...tipo guerra de comida). E a fila do caixa então?

Brincadeira....Que ninguém faça isso, somos civilizados! Mas isso aconteceu comigo (só não a parte da guerra de comida...rsrsrs). Mas discussões acontecem e sei que podem ser evitadas.

1) Não vá ao Mercado Despreparada


Tenha uma lista guardada em casa, para que na hora da compra, você não demore escolhendo coisas supérfluas. É comum dizer frases como 'Vish, pera aí amor, esqueci de pegar o creme de cabelo'. Hoje em dia, com a tecnologia, existem apps para celular que comparam produtos, fazem listas, cálculos, leitura do código de barras e garantem que você não esquecerá de nenhum item tais como Meu Carrinho, Boa Lista, QQFalta, Buy Me a Pie, dentre outros. Mas, se prefere a lista de papel, use-a e planeje seu cardápio semanal. Isso pode ajudar!

2) Não vá Todos os Dias no Mercado


É interessante ter um dia programado para fazer as compras do mês. Principalmente, os dias com promoções como a Quarta Verde, a Terça da Carne, etc. Procure anotar na agenda, o melhor dia para fazer as compras. Assim, seu marido poderá se programar também e anotar na lista o que ele deseja comprar.

3) Não Faça Compras Sozinha


Fazer compras é uma tarefa que todos devem participar. Se não der para os dois, um só pode ir em um determinado dia. O importante é o trabalho em equipe. Caso o marido não goste de compras, tenha paciência, vá ensinando aos poucos e explicando o porquê de fazer compras e mostre isso para toda a família aprender.

Recentemente, li o Guia Alimentar para a População Brasileira, do Ministério da Saúde, e uma dica interessante era que a família devia estar envolvida no processo de escolha e preparação dos alimentos, para que o conhecimento fosse transmitido para as gerações, evitando assim, o consumo frequente de alimentos industrializados, bem como valorização da culinária.

Como acontece com vocês? Tem mais dicas para dar? Conte-me aqui nos comentários!



Marcadores: , ,