Dicas para Namoro, Noivado e Casamento Cristão

Oie pessoal... para quem não me conhece sou a Wéllida Resende, nova colaboradora do Blog.

Hoje falarei um pouco sobre o livro Namoro, Noivado e Casamento segundo a Bíblia Sagrada. O autor é o Pastor Dari Bento de Andrade, que também faz palestras voltadas à famílias, casais e jovens; e reside em Anápolis/GO. Foi ele quem celebrou meu casamento lá em Montividiu do Norte, no interiorzinho de Goiás rsrs. Ou seja, conheço sua dedicação, empenho e seriedade com a obra de Deus.

Achei o livro super demais! Afinal, é um tema que envolve todas as áreas de uma relação e, além disso, é direcionado às pessoas interessadas em manter um relacionamento cristão no namoro, noivado e também no casamento. Estão curiosos para conhecer um pouquinho do livro? Vou fazer um breve resuminho pra você ficar com ainda mais vontade de adquirir um exemplar =)

Livro: Namoro, Noivado e Casamento Cristão

Bem, na primeira parte, que se refere a namoro, o autor esclarece que esta fase precisa ser conduzida como um compromisso sério, mas ainda “experimental”. Ele cita alguns fatores necessários para a percepção de quando se deve evoluir.

“O namoro deve iniciar quando a idade já for favorável ao casamento, quando houver uma vida financeira e profissional definida e houver maturidade em todos os sentidos.” (Pág. 27).

Na segunda parte são discutidos várias características do noivado, que deve ser encarado com muita sabedoria, já que é um passo muito importante para a construção de uma família. O escritor afirma que:

 “A primeira escolha mais importante de toda nossa vida é aceitar a Jesus como nosso Salvador e Senhor. A segunda é a escolha de um cônjuge, para juntos compartilharmos a jornada da vida (...). Uma escolha mal feita terá consequências pelo resto da vida, a menos que o casal recorra a Deus, que tudo pode fazer”. (Pág. 89).

E por fim, o autor fala sobre como ter e manter um casamento abençoado e feliz dia após dia. Na página 107 são destacados alguns desses aspectos:

“No casamento, evidencia-se o amor mútuo que gera o senso de pertencer ao outro, o desejo de ajudar e procurar o ajustamento necessário como companheiros da mesma sorte. As lutas, as vitórias, os problemas e as alegrias são comuns a todos os lares (...). O casamento exige o cumprimento, com responsabilidade e dignidade, das promessas feitas durante o namoro, noivado e no altar, de honrar, proteger, ajudar e ser fiel um ao outro, até que a morte os separe”.

Para finalizar, achei interessante o alerta que o escritor faz aos jovens que não pensam em se casar. Na página 94 ele diz:

“Não levem em conta os casamentos mal sucedidos, ainda que de seus próprios pais ou pessoas próximas a vocês, para desmotivá-los a se casarem. Pois, mesmo sabendo dessas realidades, o casamento foi e é uma instituição Divina criada para dar certo. Deus não tem projetos fracassados!” [grifo nosso].

Querem conhecer um pouco mais sobre o livro? Adquira já o seu! Entre em contato pelo número (62) 9217 - 1159 ou mande um email para dary68pastor01@gmail.com. Veja mais informações abaixo:




Marcadores: , , ,